O Sindicato dos Servidores Públicos do Tocantins (Sisepe-TO) se posicionou nesta sexta-feira, 1º, sobre uma sentença do juiz Rodrigo Perez Araújo que negou pedido do Ministério Público no Tocantins (MPE) de extinguir o Plansaúde por ser um plano “ilegal e inconstitucional”. A ação estava na Justiça desde março de 2011 e o juiz indeferiu o pedido ao considerar que ele n...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários