Dídimo Heleno

Uma auxiliar de limpeza se recusou a ser imunizada contra a Covid-19 e a 2ª Vara do Trabalho de São Caetano do Sul, no Estado de São Paulo, validou a sua demissão por justa causa. A funcionária atuava em um hospital infantil e não aceitou a dispensa, alegando que não teve oportunidade de explicar sua decisão.

Para a juíza Isabela Flaitt o empregador tem o…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários