Um trabalhador foi penalizado com afastamento do trabalho por justa causa, uma vez que havia alegado trauma no cotovelo, com fratura, luxação e tríade maligna, sendo submetido à cirurgia no hospital, pós-operatório, tornando-se incapacitado para as atividades laborais.
 
Ocorre que a empresa tomou conhecimento, por meio do Facebook e Instagram, que o…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários