O desembargador Carlos Rodrigues Feitosa, do Tribunal de Justiça do Ceará começa a ser julgado pela Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça e a acusação que pesa sobre ele é a de que exigia parte da remuneração de servidoras comissionadas. Na verdade, a sua aposentadoria já havia sido decretada pelo Conselho Nacional de Justiça, mas por outros fatos.

O relator da Ação Penal…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários