Dídimo Heleno

O Tribunal Superior do Trabalho emitiu entendimento no sentido de que se na data do término do contrato o atleta estiver incapacitado para o trabalho, por não ter se recuperado de lesão classificada como acidente típico, deve ser garantida a estabilidade no emprego, segundo previsão do artigo 118 da Lei 8.213/1991. 

Com isso, o TST rejeitou recurso do…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários