Filha autista e redução de jornada

O Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu a uma servidora pública do município de Louveira, que tem uma filha que sofre de espectro do autismo, a redução da carga horária de 40 horas para 20 horas semanais sem necessidade de compensação e sem diminuição salarial. Por maioria foi negado provimento ao recurso municipal e mantida a decisão de primeiro…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários