Dídimo Heleno
 
O Tribunal de Justiça do Paraná inocentou um homem que havia sido acusado de roubo e estupro, após a análise de uma amostra do sêmen comprovar que o material não lhe pertencia. Ele foi apreendido por guardas municipais em 2016 com base numa descrição feita pela vítima e, no mesmo dia, foi realizado o procedimento de…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários