O problema do exemplo ruim é o seu poder de contaminação. Como os juízes e membros do Ministério Público gozam de longínquos 60 dias de férias anuais, os advogados da União fizeram beicinho e também exigem a regalia. Os ministros da Suprema Corte começaram a analisar, por meio de processo virtual, a constitucionalidade dos artigos 5º e 18 da Lei 9.527/97, que permitem o…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários