Dídimo Heleno
 
Em mais uma reviravolta, o Supremo Tribunal Federal, pelo placar de 6 a 5, modificou o entendimento anterior e, a partir de agora, não mais permitirá a prisão após o julgamento em segunda instância. Esse entendimento já foi alterado várias vezes ao longo dos anos, o que inegavelmente acaba causando insegurança jurídica e…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários