Dídimo Heleno
 
Infelizmente é comum que consumidores se deparem com a indesejável presença de “corpos estranhos” em garrafas de refrigerantes, cervejas e outros produtos. O Código de Defesa do Consumidor diz claramente que o fabricante será o responsável por vícios de qualidade e quantidade. Dessa forma caberá indenização…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários