Dídimo Heleno

Um gerente foi assediado moralmente pelo sócio da empresa, uma academia localizada em Taguatinga (DF). O homem receberá R$ 5 mil, mas em primeira instância o valor foi arbitrado em humilhantes R$ 1.500. A 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho ficou com vergonha do baixíssimo montante e o aumentou, ainda o deixando baixo, mas menos…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários