Uma companhia de tecnologia foi condenada a indenizar por danos morais no valor de 3 mil reais um analista de suporte que ia com muita frequência ao banheiro. As atitudes do funcionário passaram a ser tratadas com chacota pelo seu supervisor, que as apelidou de “pausa Nei”, em referência ao nome do empregado, o que foi assimilado por outros funcionários, que passaram a tratá-lo com…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários