Dídimo Heleno
 
Outro dia adentrou a minha sala um amigo advogado que estava visivelmente alterado e bradando contra o arbitramento dos honorários de sucumbência em uma ação cujo valor da causa ultrapassava mais de 200 mil reais, mas o douto julgador de primeiro grau entendeu que, diante do “trabalho de baixa…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários