O ex-presidente Lula sempre gostou de ajudar a família - com o chapéu alheio, diga-se. O seu irmão, conhecido como "Frei Chico", teria recebido entre 2003 e 2015 uma mesada que variava de 3 a 5 mil reais mensais. A fonte era a velha e boa Odebrecht.
 
A denúncia oferecida contra o político, seu irmão, Emílio e Marcelo Odebrecht, além do ex-diretor…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários