Ainda que não se tenha mais dúvida de que os vazamentos dos diálogos entre o ministro Sergio Moro e os procuradores da Lava Jato são provenientes de crime, uma vez que foram presos os hackers que violaram os celulares das vítimas, também ficou claro que tudo foi repassado ao jornalista do Intercept Brasil de forma gratuita. As investigações continuam nesse…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários