Patrícia Aline Santos, de 29 anos, encontrada morta em Palmas na última quinta-feira, em um terreno baldio, já havia sido agredida por outro companheiro com quem vivia em união estável por cerca de três anos (de março de 2014 a junho de 2017), conforme documentos de processos judiciais aos quais o Jornal do Tocantins teve acesso. Relatos contidos na denúncia apontam que e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários