O projeto Plantando a Liberdade, executado por detentos das unidades prisionais do Estado já começou a dar frutos para complementar a alimentação, a partir deste mês, dos reeducandos da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) e da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG), em Araguaína, no Norte do Tocantins.  Aproximadamente 830 maços de cheiro verde e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários