Após sessão do Tribunal do Júri ocorrida na última quinta-feira, 25, Jackson da Rocha Rezende foi condenado à pena de 17 anos de reclusão pelo assassinato de José Edson Martins Lopes. A tese de homicídio qualificado sustentada pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), representado pelo Promotor de Justiça Caleb Melo, foi reconhecida pelo conselho de sentença. De aco...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários