Um agricultor de 44 anos que manteve a então esposa em cárcere privado nos dias 24 e 25 de fevereiro de 2019, após agredi-la por ciúme, vai responder pelo crime na Justiça de Novo Acordo, leste do Tocantins, a 112 km da capital. A denúncia é do promotor Leonardo Valério Púlis Ateniense deste domingo, 18 de julho, mais de dois anos após os fatos e um pouco mais d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários