Paulo Carlos Ramalho, 24 anos, foi condenado pelo Tribunal do Júri da comarca de Gurupi, na última sexta-feira, a 45 anos de prisão pela execução de Wilson Nery Villas Boas, 30 anos, conhecido como Supertins, e do adolescente Eglesson dos Santos Leal, 17 anos. O réu também foi condenado pelo crime de ocultação de cadáver. Os corpos das vítimas foram enterrados no quintal da a...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários