A 1ª Vara Criminal de Palmas concedeu o alvará de soltura a Paulo Rocha da Paixão, 29 anos, acusado de matar uma criança de 10 anos em uma emboscada na zona rural Capital, no dia 7 de fevereiro deste ano. Na época, ele confessou o crime e disse que matou a criança por engano, que o foco seria o pai da criança, que teria tido um caso com sua companheira no passado. El...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários