O governo federal quebrou cláusula de confidencialidade com a Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, ao publicar na internet o contrato assinado com a empresa para a compra de vacinas contra a covid-19. O acordo já não está mais acessível no site oficial do Ministério da Saúde. No documento, o governo “reconhece e concorda” que os dad...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários