Instalada no Estado em dezembro de 2011, a Umanizzare Gestão Prisional e Serviços Ltda, responsável pelos serviços de operacionalização da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas e da Unidade Prisional Barra da Grota, em Araguaína, é alvo de investigações do Ministério Público Estadual (MPE) por supostas irregularidades nos serviços prestados. Mas mesmo assim no dia 1º...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários