O juiz Fabiano Gonçalves Marques, da 1ª Escrivania Cível de Araguaçu, deu o prazo de 60 dias para a direção da Funai em Palmas concluir um estudo sobre os indígenas Kanela. A decisão é do dia 1º de fevereiro, encaminhada para Palmas nesta terça-feira, saiu em uma ação na qual 14 pessoas buscam retificar o nome para incluir o nome da etnia em seus documentos civis.   Segundo o juiz...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários