Com as normas e determinações de enfrentamento da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Palmas realiza rondas e fiscalizações em comércios da Capital e, mesmo com o Decreto Municipal nº 1.917, sobre a proibição do consumo de bebida, as equipes encontram infratores burlando a medida. No final de semana, o Jornal do Tocantins percorreu alguns setores da Capital e também registrou pessoas ingerindo bebidas alcoólicas e sem máscara, que também é um item obrigatório. 

Segundo a Prefeitura de Palmas, em quatro dias, os fiscais encontraram infratores escondendo bebidas alcoólicas em latas de refrigerante, debaixo de meses. Os flagras resultaram em multas, e apesar do número não ser divulgado a Vigilância Sanitária do Município (Visa) e a Diretoria de Fiscalização Urbana da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais informaram que realizaram 42 atividades fiscalizatórias do sábado, 4, a terça-feira, 7. 

Essas ações nos últimos dias visam o Decreto Municipal que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, distribuidoras, estabelecimentos afins e espaços públicos, e  somente permite a venda de bebidas alcoólicas para o consumo em casa. Confira no final da matéria fotos da Prefeitura de Palmas e do Jornal do Tocantins.

Números 

Além disso, desde março, devido o Decreto Nº 1856/20, sobre aglomerações, a Vigilância Sanitária do Município (Visa) realizou mais de 1.150 rondas diurnas e noturnas com atendimentos em todas regiões da Capital. Ao todo, neste período foram 300 denúncias e cerca de 290 estabelecimentos comerciais autuados por estar em desacordo com as recomendações de higienização feitas pelos órgãos oficiais.

No que se refere às ações da Diretoria de Fiscalização Urbana da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais (Sedusr), indicam que, no mesmo período, cerca de 120 autos de infração e aproximadamente 520 notificações ocorreram em pontos comerciais.

Conforme a Prefeitura de Palmas, os agentes de fiscalização atuam em parceria com a Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) e os agentes de Trânsito e Transporte da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu). 

Além disso, a população também pode contribuir, fazendo denúncias em casos de aglomerações em comércios ou locais público, eventos privados e outras infrações pelo 153 ou no telefone 0800-6464-156.

Confira a lista completa de atendimentos desde março da Visa e da Fiscalização Urbana:

Vigilância Sanitária de Palmas:
Atendimento: 1.433
Orientações: 1.268
Rondas: 1.175
Monitoramento do comércio: 95
Denúncias recebidas: 304
Documentos decorrentes de ações fiscais: 316

Fiscalização Urbana:
Autos de Infração: 122
Notificações: 520