A família de Heidy Aires Leite Barbosa, professora assassinada em 2014, já está no Fórum de Palmas aguardando o julgamento do acusado Allan Moreira Borges, ex-marido da vítima. A sessão do júri popular, que está prevista para iniciar na manhã desta terça-feira, 18, é presidida pelo juiz Willian Trigilio da Silva e foi formado por sete pessoas, sendo cinco mulheres e d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários