As investigações sobre as supostas fraudes praticadas no concurso para oficiais e soldados da Polícia Militar (PM) fundamentou a rescisão do contrato celebrado entre a PM e a AOCP- Assessoria em Organização de Concursos Públicos Ltda, organizadora do certame, divulgado na última terça-feira, 16. De acordo com a comissão da PM que investigou as falhas ocorridas durante a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários