O Estado do Tocantins deverá indenizar uma servidora pública em R$ 129.616,99 por desvio de função. A decisão é da última sexta-feira, 19, e segundo sentença proferida pela juíza Ana Paula Toríbio, a servidora foi nomeada como assistente administrativa, porém, exercia funções delegadas aos escrivães de polícia, prestando serviços na Delegacia Circunscricional de Peixe. O...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários