Desde que o tráfego de veículos pesados foi proibido na ponte da TO-255, em Porto Nacional, os motoristas não veem a hora da nova ponte ser construída e estar pronta para uso. Isso porque quem necessita utilizar a balsa reclama do preço e da demora na travessia. A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) informou que a ordem de serviço para reinício da obra f...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários