Em ação de combate à exploração sexual infantil, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, na noite do último sábado, 20, um homem de 40 anos em companhia de duas adolescentes, de 12 e 16 anos, em um bar localizado na BR-153 em Barrolândia. 

Segundo a PRF, a fiscalização percorria estabelecimentos à margem da rodovia, quando se depararam com as adolescentes e com o homem, que não tinha nenhum parentesco com as meninas. 

Questionado, ele alegou que estava no bar consumindo bebida alcoólica, quando três meninas chegaram ao local e uma delas pediu que ele pagasse uma bebida para ela, que atendeu. 

Também questionado sobre a situação, o proprietário do bar alegou que vendeu a bebida alcoólica para pessoas maiores de idade, e não percebeu que adolescente estava consumindo a bebida alcóolica.

Enquadrados no artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que dispõe sobre o crime de “vender, fornecer, servir, ministrar, entregar, produtos que possam causar dependência a criança ou adolescente”, o homem e o dono do bar foram presos e encaminhados para Delegacia da Polícia Civil em Miracema, para continuidade dos procedimentos legais.

A PRF acionou o Conselho Tutelar, que alegou impossibilidade para comparecimento no local, e a mãe de uma das adolescentes ficou responsável pelas menores.