O aumento da água do Rio Tocantins com a formação do Lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado, que encobriu partes da ponte, é uma das causas do desgaste estrutural da Ponte de Porto Nacional apontada por especialistas do LSE – Laboratório de Sistemas Estruturais, de São Paulo, em um estudo de 2017. A empresa é a mesma que analisa a ponte agora e repete no relatório essa p...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários