Dois detentos na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Porto Nacional, a 52 km da Capital, fugiram da unidade na manhã da última segunda-feira, durante um curso de pintura que era ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Segundo a Polícia Militar (PM), a dupla aproveitou um momento de distração dos agentes penitenciários e empreendeu a fuga pelo portão da frente da CPP.

Conforme a Secretaria de Defesa Social (Sedes), os fugitivos são Denilson Pereira da Silva, de 22 anos, condenado por assalto à mão armada, e Adilson Marques Gonçalves, de 30 anos, preso provisório por tentativa de homicídio. Segundo a pasta, Silva foi recapturado ainda no mesmo dia, nas imediações da CPP. Já Gonçalves continua foragido.

Segundo a secretaria, um procedimento administrativo foi aberto para apurar supostas falhas de dois servidores que faziam a vigilância no momento da fuga. A polícia continuava até a tarde de ontem as buscas pelo preso.