Devido as recorrentes judicializações contra a Saúde do Estado, que em média somam cerca de 40 ações individuais ao mês, só via Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO),  o coordenador do Núcleo Especializado de Defesa da Saúde (Nusa), defensor Arthur Luiz Pádua Marques apresentou na manhã desta terça-feira, 12, o Projeto Agiliza SUS, que tem a ambição d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários