O convênio de R$ 1 milhão firmado entre o Instituto Comunitário do Tocantins (Incomto) e a Secretaria Estadual de Cidadania e Justiça (Seciju) também será investigado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). De acordo o TCE, também na tarde da última quarta - data em que o Pleno suspendeu o convênio do Incomto com a Secretaria Estadual da Educação, Juventude e Esportes ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários