O Tribunal de Contas do Estado (TCE-TO) tem competência para expedir medidas cautelares desde esta quinta-feira, 18, após uma decisão do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ-TO) que reconheceu a autoridade do pleno. Recentemente, a Corte de Contas teve sua competência questionada no caso da empresa Palmas Estacionamento Rotativo LTDA, que teve a execução do contrato c...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários