Após três reeducandos serem encontrados mortos com requintes de crueldade nas unidades prisionais do Tocantins em apenas quatro dias, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins (OAB-TO) formou uma comissão para realizar vistorias nos presídios do Estado, que deve ser implantada na próxima sexta, 9, com a realização do conselho da OAB-TO. Gedeon Pitalu...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários