A Secretaria de Estado da Saúde (SES) contabilizou 1.149 novos casos e 14 novas mortes confirmadas para Covid-18 no Boletim Epidemiológico desta sexta-feira, 28. Dos novos registros, 324 são de Palmas, 106 de Paranã e 100 de Araguaína, os demais são em outras 87 cidades tocantinenses. 

Os novos dados somados com os registrados em 166 dias de pandemia acumulado o número de 48.580 diagnósticos positivos para a doença e 649 óbitos. Atualmente, no Tocantins são 30.156 pacientes que estão recuperados e 17.775 ainda ativos, ou seja, que estão em isolamento domiciliar ou hospitalar.

Mortes

Conforme o Boletim da SES, com registros de mortes em 95 municípios tocantinenses, causadas em decorrência das complicações da Covid-19, o Estado tem letalidade em 1,33%. O índice já chegou a se aproximar dos 2%, entretanto cai, mas o número de casos ativos é maior. As mortes registradas no novo Boletim são:

  1. Homem de 81 anos, residente de Palmas. Comorbidades: insuficiência renal crônica e fibrose pulmonar.
  2. Homem de 74 anos, residente de Augustinópolis. Comorbidades: hipertensão e senilidade. 
  3. Homem de 81 anos, residente de Araguaína..
  4. Mulher de 84 anos, residente de Centenário. Comorbidades: hipertensão e diabetes. 
  5. Homem de 57 anos, residente de Porto Nacional. Comorbidade: diabetes. 
  6. Homem de 76 anos, residente de Guaraí. Comorbidade: hipertensão e diabetes. 
  7. Homem de 64 anos, Residente de Pedro Afonso. Comorbidades: diabetes. 
  8. Mulher de 92 anos, residente de Palmas. Comorbidades: diabetes. 
  9. Mulher de 79 anos, residente de Juarina. Comorbidades: hipertensão e diabetes. 
  10. Homem de 70 anos. Residente de Aguiarnópolis.
  11. Homem de 63 anos, residente de Palmas. Comorbidades: insuficiência renal dialítica e doença pulmonar crônica. 
  12. Homem de 90 anos, residente de Pequizeiro. Comorbidades: doença coronariana e diabetes mellitus.
  13. Mulher de 45 anos, residente de Pau D’arco. Comorbidades: cardiomiopatia dilatada e infecção cardíaca congestiva. 
  14. Homem de 71 anos, residente de Alvorada. Comorbidades: tromboembolismo pulmonar. 

--