Após a exumação de um corpo para a investigação da morte em Rio dos Bois, a Polícia Civil divulgou a conclusão do inquérito e concluiu que o funcionário público Josivam Alves Fidélis, de 28 anos, não tinha morrido de causas naturais e sim vítima de um homicídio. O crime ocorreu em junho deste ano e, ainda nesta semana a prisão do principal suspeito do crime, um homem d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários