Mais de 70 anos depois do lançamento da bomba atômica de Hiroshima, cientistas descobrem partículas da explosão que destruiu completamente a cidade japonesa em uma praia da região, revelando o quanto a ação humana sobre o ambiente pode ser devastadora mesmo depois de tantas décadas. Especialista em vida marinha, o geólogo Mario Wannier selecionava, metodicamente, partículas ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários