Uma cadela guardou o corpo do seu dono, assassinado a tiros em um bar de Guaraí na noite desta sexta-feira, 7, até que conhecidos chegassem para leva-la do local. Determinada em proteger o dono, a cadela não permitia que ninguém encostasse ou até mesmo chegasse perto do corpo de Jardel Cláudio Turíbio Ramos, de 29 anos. Testemunhas relataram à Polícia Militar que do...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários