A conclusão de mais uma etapa das investigações que apuram a existência de funcionários fantasmas na extinta Secretaria de Governo do Tocantins terminou no indiciamento de um homem de 31 anos, por peculato. O indiciamento ocorreu nesta quarta-feira, 23, pela 3ª Divisão Estadual de Investigações Criminais (Deic), de Araguaína. Conforme a Polícia Civil, o indiciado teria ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários