O presidente da República, Jair Bolsonaro, vetou nesta terça-feira (26) o projeto de lei que permitia a quebra de sigilo em cartas enviadas por presos. A regra valeria para condenados ou provisórios. A lei chegou a ser publicada na edição do DOU (Diário Oficial da União) desta 3ª sob a numeração 13.913/2019. No entanto, Bolsonaro voltou atrás e, em...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários