Uma medida adotada pelo câmpus de Araguaína da Universidade Federal do Tocantins (UFT) causou polêmica nas redes sociais: a adoção de banheiros unissex, que podem ser usados por qualquer pessoa, inclusive o público de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT). A ideia da direção do câmpus foi promover a inclusão e evitar o preconceito d...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários