O Hospital Geral de Palmas (HGP) segue com o problema recorrente em atender os pacientes na fila de neurocirurgias. Conforme a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) faltam materiais para a realização dos procedimentos e por conta disso uma série de neurocirurgias marcadas são suspensas. Uma audiência na Justiça está prevista para ocorrer nesta quinta...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários