A Vara do Júri e das Execuções Criminais da Comarca de Sorocaba (SP) condenou na segunda-feira, 12, a 30 anos, seis meses e dez dias de reclusão em regime fechado Paulo Roberto de Jesus, acusado de homicídio qualificado, estupro e ocultação de cadáver de jovem. Cabe recurso da decisão. Ele não poderá apelar em liberdade. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paul...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários