O juiz da Vara da Infância e Juventude, Frederico Paiva Bandeira de Souza, diz que nem sempre a criança que está em uma instituição de acolhimento está disponível para adoção. De acordo com ele, as que estão aptas para a adoção são apenas aquelas que sofreram destituição familiar. Por outro lado, é possível, dentro do universo das crianças acolhidas nos abrigos, alguma...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários