Charley Gomes da Silva, de 33 anos, suspeito de latrocínio, foi preso em Juarina, a 319 km de Palmas, após a Polícia Civil (PC) descobrir que ele usava os documentos de um irmão que já havia morrido para se esconder da Justiça. Ele foi detido e levado para a Cadeia Pública de Colinas e deve responder além do crime de roubo seguido de morte por identidade falsa. Conforme a Segu...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários