Um procedimento para investigar a concessão de licenças para desmatamento emitidas pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) na última semana está instalado pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO). A ação iniciada nesta segunda-feira, 5, do promotor Justiça Francisco Brandes Júnior visa verificar se as autorizações foram precedidas da análise de regularidade a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários