A posse dos promotores substitutos do Ministério Público Estadual (MPE-TO) que havia sido anulada pelo procurador-geral de Justiça na última quinta-feira, 20, ocorreu na manhã desta sexta-feira, 21. A reviravolta aconteceu porque os promotores entraram com um mandado de segurança na Justiça, que por sua vez concedeu liminar, ainda na última quinta, determinando na posse d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários