"A investigação apurou que o jovem foi abordado por cinco homens, sequestrado e levado até um cativeiro, lá chegando foi amarrado, , então, iniciou-se um ritual de tortura, que durou 12 horas", conta o  titular da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Paraíso, Eduardo de Meneses, sobre o crime que levou à deflagração da Operação Place de Grève, nesta quinta-feira, 11.  A ação policial prendeu três homens e apreendeu uma adolescente que estariam envolvidos na ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários